segunda-feira, 16 de maio de 2016

AMIGOS(AS) SEMPRE - VIAGEM - FRANCISCO BELTRÃO / PR - 21, 22 e 23 de abril de 2016.

Estava passando roupa
Tarefa tão importante no lar
Mas tão difícil de executar
Pensando na sugestão
Que o Vanderlei acabava de dar


Então lembrei Che Guevara, o lavrador de Goiás
Ariano Suassuna a me buzinar...
Então aí mesmo, entre uma peça e outra
As palavras comecei rascunhar
Para nossa história contar

Em dezembro de de 86 eu e o Derli viemos de Chapecó
Logo depois de nos casar
Eu atuava na educação
E o Derli na CUT do Sudoeste do Paraná

Moramos em Francisco Beltrão dois anos
De 89 a 92 estivemos em Ijuí para estudar
Em final de 92 fomos convidados a retornar
E bem aqui na ASSESOAR chegamos nos hospedar
Até uma casa conseguir alugar.

Em 1994 a convite do Deputado Idelvino Furlanetto
Pra Florianópolis fomos trabalhar
Na Assembleia do estado era o lugar
Eu, voltei pra sala de aula pra poder me efetivar.
Nesses espaços, muitas lutas travamos
Para nosso estado natal melhorar

Lá onde tem lindas praias
Esperando pra te banhar
Ana Frandaloso, Inês, Sabino
Judite, Valdir, Leda e Claudino foram nos visitar
Juntos sempre lembrávamos do trabalho da  ASSESOAR

E o tempo pareceu voar...
Três filhos tivemos
O PT veio a governar
Na rua continuávamos nossa luta
Para a justiça implantar

Não posso deixar de lembrar 
Do poema do lavrador desconhecido
Escrito no banner do congresso da CUT no Rio
De de tão interessante acabei por decorar
E em todo lugar que vou  faço questão de recitar

" Na canga do boi de carro
Tem geante amarrada lá
Gente não é boi de carro 
Pra o carro de boi puxá

Gente tem mente que gira 
Mente que pode girá
Gira a mente do carreiro 
A canga pode quebrá 

Amigos, vamos nos "acompanheirar"
Chega o que fazem lá fora
Tentando nos separar

Assim, queremos homenagear
Quem se esforçou pra organizar
Esse encontro belíssimo
Que permitiu nos aproximar

Viva a luta do povo!!!
De todo que é lugar
Nós não pararemos
Até a desigualdade acabar
Que cada um de nós faça a diferença
Onde que que se encontrar

Viva cada um de nós!!!
Que não se deixa "desesperançar"
Que acredita na vida
E a morte, não vai nunca aceitar!

Continuemos na luta
Não vamos desanimar
Se isolados somos fracos
Unidos, ninguém conseguirá derrotar

"Todos juntos somos fortes
Somos arco , somos flexa
Todos nós no mesmo barco 
Não há nada  pra temer (Temer)

Com a rima mais simples
Que alguém pode usar
Vim algumas palavras falar
mas, com o sentimento mais caro
Que um ser humano pode experimentar
Dizemos que essa terra, essas pessoas, essa entidade
Nunca deixamos de admirar!!!

Ihhhh !!! 
Deixei meu feijão queimar!!!

Ariano riria
Me vendo poetizar!!!


Esse poema rimado
Já me fez rir e chorar
Por causa de toda a história
Que acabei de relembrar
E também porque aos fundos ouvia a música
Do sem terra que morrera lutando
Pra reforma agrária conquistar

As roupas acabei de passar
Mas o que comer terei que repensar
Porque a família vem almoçar

Então preciso um desfecho dar 
Esse poema acabar
E já que escolhi  palavras rimar
Vou bem alto gritar:
A DEMOCRACIA PREVALECERÁ!!!

(autora: Aneli Remus Gregório)
brincando de poeta

VIZINHOS   -   CUIDADORA DA ISARA  (VITÓRIA)



ASSESOAR  - TRABALHO NO SUDOESTE DO PARANÁ                   







PELAS RUAS AS SURPRESAS


MORRO  DO  CALVÁRIO


e

Nenhum comentário: